reTHINK

voltar às áreas de investigação

Título do Projeto
Trustful hyper-linked entities in dynamic networks (reTHINK)

Palavras-chave
Arquitetura de Serviço, WebRTC, Hyperty, M2M/IoT

Consórcio
Eurescom, Orange Labs, T-Labs, Altice Labs, Fokus, IMT, TUB, INESC, APIZEE, Quobis

Descrição
O projeto tem como objetivo projetar e prototipar uma arquitetura de Serviço P2P nova, não centrada nas telecomunicações, mas Web-centric, permitindo relações de confiança dinâmicas entre aplicações distribuídas chamadAs Entidades Hyperlinked ("Hyperties") que suportam os casos de uso além da telefonia comoditizado, tais como comunicações contextuais e sociais, M2M / IoT e serviços de conteúdo orientado.

Valor
Explorar e demonstrar uma nova arquitetura de serviços, com base em OTT, que poderá criar novas oportunidades de negócios para as Telcos.

Objetivos
O principal objetivo do projeto reTHINK é desenhar e demonstrar uma nova Arquitetura de Serviços P2P, baseada em tecnologias Web, de modo a permitir relações dinâmicas e de confiança entre serviços.
A arquitetura do reTHINK é sustentada por um Modelo de Mercado de referência que aproveita o melhor dos modelos "Walled Garden" OTT e os modelos federados dos Telcos, através da adoção de um modelo cooperativo e seguro a nível global. Neste modelo, os diferentes ecossistemas de fornecedores de serviços são criados dinamicamente para satisfazer as necessidades dos clientes.
De modo a enfrentar os desafios tecnológicos impostos por tal modelo, a Gestão da Identidade do utilizador e a Segurança são tidos em conta desde o inicio, juntamente com novos conceitos que podem ser considerados polémicos para as mentes mais convencionais. De destacar, a introdução de um novo paradigma de Serviços Web - Hyperties. As Hyperties podem fornecer qualquer tipo de funcionalidade num modo P2P tanto a partir de dispositivos com recursos computacionais limitados (como smartphone) como em infraestruturas cloud. O projecto reTHINK está focado principalmete nos serviços de comunicação em tempo real orientados ao contexto e nos serviços M2M/IoT. Uma das principais características das hyperties é o uso do protocolo on-the-fly para evitar a necessidade de ter protocolos normalizados bem como de interfaces entre Domínios de Rede.
A arquitetura reTHINK será demonstrada através protótipos open source que irá assegurar a capacidade de entrega a médio prazo, assim como a sua conformidade com casos de uso mais relevantes. Estes protótipos serão disponibilizados a entidades externos ao projeto, com destaque à comunidade de programadores Web, para validar o modelo reTHINK.

reTHINK

Website

rethink-project.eu

Contacto

Paulo Chainho: paulo-g-chainho@alticelabs.com