Reunião de arranque do projeto “Mobilizador 5G”

29/01/2018     Mobilizador 5G

« VOLTAR A NOTÍCIAS

« ANTERIOR   /   PRÓXIMA »

imagem da notícia

Realizou-se nos dias 8 e 9 de janeiro, nas instalações da Altice Labs em Aveiro, a reunião de arranque do projeto "Mobilizador 5G". Para o efeito, reuniram-se 60 representantes de 14 entidades industriais e académicas nacionais, tendo ocorrido as primeiras discussões técnicas com vista à conceção, realização e validação integrada de um conjunto de produtos tecnológicos de origem nacional, capazes de integrar e fornecer serviços no âmbito das futuras redes 5G.

Este projeto, liderado pela Altice Labs, terá a duração de 36 meses, prolongando-se até ao final de 2020, apresentando um alinhamento perfeito com o atual calendário de desenvolvimento e entrada em produção da tecnologia 5G a nível mundial.

A tecnologia 5G, ainda em definição, deverá entrar em produção em 2020, representando um grande avanço tecnológico, permitindo comunicações ainda mais rápidas (em velocidade e tempo de resposta), fiáveis e com menor consumo energético. Além dessa evolução do ponto de vista de desempenho, o 5G distingue-se face à anterior geração (4G/LTE), pela aplicação de novos conceitos na sua arquitetura, conducentes a uma maior flexibilidade e agilidade. Dessa forma, com uma única tecnologia de comunicações móveis celulares, será possível suportar um grande número de serviços, entre os quais IoT massivo e industrial, e multimédia com realidade aumentada e virtual.

Para além dos produtos a concretizar, o projeto irá criar sinergias entre as entidades envolvidas, tornando-se numa referência nacional e internacional na promoção da tecnologia 5G e na sua colocação em operação e exploração em Portugal. Para o efeito, e para além de outros meios de divulgação, irão ser efetuados workshops para discussão e divulgação dos resultados obtidos, envolvendo entidades externas, nacionais e internacionais.

As entidades constituintes do consórcio são a Altice Labs, Altran Portugal, EFACEC Energia, EFACEC Engenharia e Sistemas, INESC TEC, Instituto de Telecomunicações, IT Center, Nokia Solutions and Networks Portugal, One Source, PDMFC, UBIWHERE, Universidade de Coimbra, TICE.PT e WAVECOM. Para além destes, outras entidades irão fazer um acompanhamento do projeto. São elas a EDP, Infraestruturas de Portugal, MEO, Porto de Aveiro e VIATEL.

O projeto, inserido nos "Programas Mobilizadores", é cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do Programa no âmbito do Portugal 2020 através do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (COMPETE 2020).

« VOLTAR A NOTÍCIAS

« ANTERIOR   /   PRÓXIMA »